sábado, 21 de abril de 2012

Um sonho de 52 anos.

Hoje Brasília completa 52 anos, e poderia certamente ser mãe de muita gente da minha geração. Na verdade, já a é.

Muitos nascidos na capital dão à cidade planejada, o imprevisto. Começam a falar de uma forma meio parecida, começam a gostar de determinados assuntos em detrimento de outros e a agem de formas repetidas e cíclicas, iniciando uma cultura.

Véi, Só o ouro, De boa, Bicho e Cabuloso! fazem parte das gírias brasilienses e tem gente que consegue usá-las todas em uma só frase. Futebol, não é o assunto preferido dos nativos, se for falar de basquete até ganha um certo ibope.

Esperar que um brasiliense saia da sua toca para te encontrar? Mas só se for por muito prestígio a você, e isso eles fazem questão de não dar a qualquer um. Preferem a boa e velha turma de sempre, que cresceu junto no colégio e que não aceita novos adeptos, a não ser que você consiga voltar no tempo.

E pular na Roda nos show de rock? Quem olha pensa que são um bando de maluco se esbarrando, e na verdade é o que é mesmo, e ta aí um prazer que é difícil de entender.

Gostar de brasília é saber que uma parede de azulejos pode ser uma obra de arte, é saber que horizonte não precisa de mar, é não curtir a invasão do Lago Paranoá por particulares e ter muita raiva quando confundem centro do poder governamental, que é formado por corruptos de todos os lugares do Brasil que mal moram aqui por 3 dias na semana, com os brasilienses que souberam aderir ao sonho de uma capital no sertão.

Com uma idade dessa, e já consolidada, fica mais difícil entender por que Brasília é a única cidade do Brasil sem prefeito, o que faz com que a maioria dos problemas sejam varridos pra debaixo do tapete e fique quase sempre sem investimentos em cultura, lazer e melhorias para torná-la um grande pólo de influência nacional.

Afinal, 52 anos não é nem 10% da História do Brasil e a cidade já causa um grande barulho.

Parabéns Brasília.

(Fui procurar uma imagem para colocar no blog no google após escrever o texto, e me arrepiei com a Homenagem. Vlw Google.)





Um comentário:

FireHead disse...

Tanto quanto sei acerca do Brasil, e não é muito o que eu sei, é que Brasília foi "fundada" exclusivamente para ser a capital do país. Ao contrário de grande maioria das capitais do mundo, que são em regra as maiores e mais desenvolvidas cidades de cada país. No entanto, é normal que com o tempo a própria cidade se desenvolva à medida que a sua população também vá crescendo.~

Abraço.